Resenha: Equilibrium


Luca é um consultor espiritual que possui um dom que vai além de conversar com espíritos. Ele nasceu com um olho azul e um castanho. O olho castanho vê o mundo dos vivos. O olho azul vê o mundo dos mortos. Retirado de sua vida pacata por um misterioso senhor interessado em uma consulta espiritual particular, Luca descobre ser o único capaz de quebrar as regras do universo além-vida. Graças a isso recebe uma missão: atravessar ao Reflexo, o mundo paralelo dos mortos, para encontrar o Equilibrium, o ser responsável pela manutenção do fluxo de espíritos vagantes que descontroladamente se acumulavam no mundo dos vivos. No Reflexo, uma visão distorcida e espelhada de seu próprio mundo, Luca encontrará uma grande aventura, assim como ferozes inimigos e também uma nova amiga, que o ajudará em sua busca alucinante através das ruas habitadas por centenas de espíritos vagantes.

Sabe aqueles livros que você julga pela capa e/ou sinopse e torce a cara na mesma hora? Eu fiz isso com esse livro. Eu sou uma medrosa assumida, e tudo que envolve espíritos e zumbis eu me mantenho distante. Contudo, esse livro chegou para mim pela Editora Coerência, e apesar de poder passar ele para um dos meus resenhistas, eu preferi o dar uma chance, e de maneira nenhuma eu me arrependi. 

Em "Equilibrium" conhecemos Luca, um consultor espiritual, mas não vá pensando que ele é um daqueles charlatões. Ele possui uma aparência peculiar com seus olhos de cores diferentes, um é azul e o outro é castanho, mas quando ele fecha o olho castanho e enxerga somente com o azul, ele consegue ver os espíritos que ainda estão nesse plano. Ele levava uma vida pacata até ser "obrigado" a ir visitar um cliente, e esse mesmo cliente revela que ele também consegue ver os mortos, e é responsável por abrir o portal para eles fazerem a passagem. Contudo, é necessário duas pessoas para o abrir, uma nesse plano e outra no Reflexo, que é onde as almas vão quando deixam o corpo, pelo menos as que não tem assuntos pendentes. Mas parece que tem algo de errado no outro lado, pois o seu cliente não consegue fazer uma conexão, então ele acaba indo para o Reflexo, mas não imaginava o que iria encontrar.


"Nascera com aquele dom e, desde pequeno, se por algum acaso seu olho castanho se fechasse ou fosse de qualquer forma encoberto, o olho azul tornava-se como um espelho que refletia coisas invisíveis: espíritos vagantes, perdidos pelo mundo dos vivos, buscando cumprir suas missões e por fim realizar a passagem."

Luca é um personagem bem interessante de se acompanhar, ele não é daqueles personagens chorões, mas podemos ver que ele é bem humanizado na trama. Eu gostei muito dele, pois pude sentir as suas duvidas e medos enquanto lia o livro.

Jin-Yun é uma personagem bem forte e corajosa. Ela é uma daquelas pessoas que foi parar naquele mundo por engano, pois foi sugada quando o portal é aberto, e acabou salvando a vida do Luca quando este chega ao Reflexo.

August é o responsável por abrir o portal para as almas passarem para o Reflexo, ele é quem chama Luca e explica tudo a ele sobre o seu trabalho e o motivo de precisar da ajuda dele. Podemos ver que ele é um senhor muito sábio e bondoso, eu me afeiçoei muito a ele, apesar dele não aparecer tanto na trama.

Nancy é uma garota, um espirito para ser mais precisa, ela foi assassinada por seu padastro há trinta anos, contudo ela acabou ficando presa nesse plano, pois ainda tinha uma missão a cumprir. Ela é um amor de personagem e tem uma amizade muito bonita com o Luca.


" Em seus pensamentos mais profundos, August mais uma vez teve a certeza de que a morte, assim como a vida, por vezes escolhia não ser muito justa. "

Eu devo admitir que esse livro me surpreendeu muito, pois esperava algo mais macabro, mas a historia é bem leve e eu adorei poder acompanhar o Luca. O autor tem uma escrita super fluída e devo dizer que ele sabe como nos deixar ansiosos pela continuação.

A diagramação está simples mas bonita, as páginas são amareladas, a fonte é grande o que facilita a leitura e eu não encontrei nenhum erro de revisão. A única coisa que me incomodou um pouco foi a capa, não é que eu não tenha gostado dela, mas eu acredito que ela poderia ser diferente, pois não é tão chamativa. Mas a historia é mais do recomendada, eu adorei poder conferir a historia criada pelo Décio e estou super ansiosa para o segundo volume.


     Editora: Coerência || Autor: Décio Gomes || Páginas: 191 || Skoob || Onde Comprar


13 comentários:

  1. Tanto a capa como a resenha é demais! Ultra curti, vou colocar na minha lista de desejados e curtir. Amei a premissa do livro, parece aquele que você lê e o tempo voa. Bora colocar na lista de desejados.

    ResponderExcluir
  2. Oiee

    Pela sinopse eu também achei que fosse algo mais macabro mas pelo visto não. Mesmo assim fiquei interessada.
    A capa eu gostei!!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Não conhecia o livro e a premissa me interessou bastante, com certeza vou anotar a dica.

    Abraços
    oblogcaentrenos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, achei a capa bonita e gostei bastante da premissa e achei bem interessante a historia e seu desenvolvimento, não conhecia o livro, mas seria um livro que leria, só que no momento estou evitando ler novas séries. Quem sabe no futuro?!
    bjus

    ResponderExcluir
  5. Ooi! Eu já li resenha sobre esse livro, e novamente, tenho a sensação de que irei gostar... Não é o que estou procurando no momento para ler, mas quem sabe um dia? Não gostumo ler livros que trazem espíritos como um tema principal, ou mesmo mortos, mas esse livro me deixou interessada pelo assunto. A capa dá aquela impressão meio terror, macabro como você disse, mas não é bem assim, né? Ainda bem kkkkk
    Bjs e parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  6. Oiee ^^
    Achei interessante essa coisa de o homem ver um mundo pelo olho azul, mas, tirando isso, o livro não me chamou a atenção. Também sou medrosa, mas para zumbis eu abro exceção...haha' não sei por que, sempre gostei de zumbis. Mas espíritos não, então eu acho que não leria o livro :/
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  7. Ola Gio lindona adorei a premissa do livro, o fato de cada olho enxergar em um mundo uau me deixou curiosa demais, pelo visto o enredo foi bem trabalhado de maneira leve. Dica mais que anotada. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho mania de torcer o nariz pra capa que não gosto.

    Provavelmente descobriria que não deveria fazer isso se os lesse também.

    Mas ao contrário de ti, desta capa eu gostei.

    Amei a resenha é anotei a dica

    ☺bjssss 😘

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho mania de torcer o nariz pra capa que não gosto.

    Provavelmente descobriria que não deveria fazer isso se os lesse também.

    Mas ao contrário de ti, desta capa eu gostei.

    Amei a resenha é anotei a dica

    ☺bjssss 😘

    ResponderExcluir
  10. Olá! Mesmo sendo medrosa fiquei louca para ler!! Esse aspecto dos olhos me deixou intrigada, e o fato o espírito da garota estar preso nesse plano, que pendências será que ficaram abertas, preciso ler esse livro!! Beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  11. Oi.
    Não saberia dizer agora se leria ou não esse livro. No momento estou em dúvidas. Apesar de parecer ser ótimo, vou esperar um pouco mais para me decidir se leio.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Não é um enredo que me atrai muito. Não é um gênero que eu leria sem ler uma resenha antes, mas acho que vou dar uma chance pra sair da minha zona de conforto.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá
    acho que ainda não conhecia o livro mas boa dica e parece ser bem legal o enredo, a capa não me atraiu muito mas parabéns pela resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir