Resenha: Um Martíni com o Diabo




O jovem Charlie Walsh está em Las Vegas. Não para tentar a sorte, e sim para matar seu pai, um chefe da máfia italiana, Tony Conicci.
O plano era infiltrar-se no restrito grupo de confiança da família Conicci e se aproximar do chefão, mas Las Vegas corrompe. E o desejo de vingança de Charlie é posto em prova quando ele se vê seduzido pelas amizades, o poder, drogas e dinheiro que a máfia oferece.
Com o FBI em sua cola, e secretamente apaixonado pela enigmática esposa do pai, ele precisará decidir onde apostar sua lealdade.




Eu já li um livro da Cláudia Lemes antes, o Eu Vejo Kate, então eu já conhecia um pouco de sua escrita, mas nada me preparou para o que eu encontrei nesse livro. Um historia com vingança, ódio, amor e sangue.

Em "Um Martíni com o Diabo" acompanhamos a historia de Charlie, um garoto que leva uma vida humilde com a sua mãe.Mas a vida dele muda completamente quando aos 18 anos sua mãe lhe conta que ele é filho do chefe da Máfia Italiana, e que no passado ele violentou sua mãe e ele é fruto disso. Disposto a fazer o pai pagar por tudo que fez, ele decide ir atrás dele e o matar, mesmo a mãe implorando para o não o fazer, pois ela mesma já o perdoou e também inúmeros sacrifícios para manter Charlie afastado daquele mundo. Mas sem a escutar, ele vai para Las Vegas, onde assumiu outro sobrenome, uma nova vida e pouco a pouco conseguiu se infiltrar no circulo de confiança de Tony Conicci. Mas Las Vegas corrompe e aos poucos ele se viu seduzido pelo dinheiro, poder, mulheres e drogas que a máfia pode oferecer.


"Agora estava aqui, sentia que fazia sentido. Tinha, finalmente, um propósito. Agora ele tinha um plano: iria para Vegas. Encontraria um forma de infiltrar-se. Aproximaria-se do desgraçado. E então colocaria uma bala no peito dele.

Os personagens foram criados com maestria pela Cláudia, eles tem uma personalidade complexa e que a vezes acabam tendo um contraste bem interessante na historia.

Charlie é o meu personagem favorito. Podemos ver que no inicio ele tem aquele fogo da juventude, que acaba servindo de motivação para ele largar tudo e entrar em um mundo de violência com o objetivo de matar seu pai. No inicio ele ainda tem muito da inocência de quando ele morava com a sua mãe, mas no decorrer da historia vemos que pouco a pouco ele se deixa seduzir por Las Vegas e por tudo que o Tony lhe oferece. O interessante é que podemos notar isso explicitamente na historia, pois ela se passa no decorrer de vários anos e também vemos muitas situações que o Charlie passou e que serviram para moldar a sua personalidade. O mais engraçado é que apesar de todos os erros e tudo que fez de errado, ele ainda apresenta um lado humano, e é a esse lado que o leitor acaba se apegando e torcendo internamente para que tudo termine bem.

Os personagens secundários foram muito bem desenvolvidos e tem uma presença forte na trama. Tony no inicio aparenta não ser tão mal e eu até gostei um pouco dele, mas no decorrer do livro ele se revela, e percebemos que o diabo do livro é ele. Meu segundo personagem favorito é o Viking, ele que tem um maior relacionamento com Charlie e uma amizade muito bonita. Temos também uma mulher que o nosso protagonista se envolve, mas ai já estaria dando spoiler.

"Tony o abraçou com força. Charlie prendeu a respiração e não sabia se amava ou odiava aquele homem. O homem que a partir daquele dia tinha o direito de vida e morte sobre ele."

A Claúdia escreve com uma maestria incrível, eu comecei a ler o livro era cerca de onze horas e entrei noite a dentro com a historia, infelizmente meu sono falou mais alto, mas no dia seguinte no primeiro momento livre que tive eu retomei a leitura. Pode-se dizer que quando eu comecei a ler novamente as coisas começaram a pegar fogo, era uma surpresa em cada capitulo e o ritmo de leitura foi frenético até o final, que diga-se de passagem, foi de tirar o chapéu. Uma das melhores coisas é que no decorrer da historia a autora utiliza de gírias e códigos usadas na máfia como "Abrir os livros"  "Comare" e "Boyo". Mas tudo foi pensado cuidadosamente e logo no inicio do livro nós temos um Glossário que explica tudo. 

A Empíreo mandou muito bem com a publicação, as páginas são amareladas, as letras estão de um tamanho bom para a leitura, não encontrei nenhum erro de revisão. Eu adorei a capa, ela é bem simples mas acredito que juntamente com a contracapa foi passada toda a essência da historia.

"Um Martíni com o Diabo" é um livro intenso e que no final te faz pensar sobre as suas escolhas e onde elas te levam. E que é uma leitura muito mais que recomendada.



    Editora: Empíreo || Autora: Cláudia Lemes || Páginas: 333 || Skoob || Onde Comprar





21 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Giovana!
    Um personagem bem humano, inocente e logo depois vai se transformando em algo totalmente diferente. Tenho pena da mãe de Charlie. Ver o filho ir atrás de vingança e ele se transformar em outro ser. :/
    Não conhecia livro e nem a autora, mas gostei da premissa. Além da capa ter aquele quê sombrio.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  3. MENINA, não tinha associado a autora com Eu Vejo Kate! Que legal. Interessante como me interessei por ambos os livros dela sem saber que eram escritos pela mesma pessoa. Gostei muito da sua resenha. Parece ser uma leitura intensa, com muitos acontecimentos paralelos, que nos prendem ao enredo! Claro, com personagens tão bem caracterizados e uma narrativa como essa, apresentando problemas familiares intensos... Hmmmm. Como ignorar?

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Nossa, um livro que tem a mafia! Eu li um romance uma vez que tinha algo sobre a máfia e foi ótimo, por isso fiquei curiosa para ler esse livro. Vou anotar essa dica.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  5. Gosto de livros que tenham vários enredos paralelos e assim prendem a atenção do leitor. Não conhecia a autora e fiquei interessada na sua escrita. Adorei a resenha e vou colocar na minha lista de leituras a dica!!!
    bjos
    www.causoseprosas.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oie Gih! Tudo bem?

    Não curto livros que levem o nome Diabo etc em suas capas etc, esse pelo o que você falou da história parece muito interessante, principalmente toda a trama em relação ao garoto querer matar o pai etc, mas passo a dica dessa vez, quem sabe numa próxima!

    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    O livro parece ser bem intenso e interessante. Fiquei curiosa para saber o que acontece nesse encontro do protagonista com o pai e já vi que o livro deve surpreender. Não conheço a escrita da autora, mas essa obra me parece ser uma ótima forma de iniciar.

    Beijos!

    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem? Não conhecia a autora e nem esse livro, mas a premissa me pareceu interessante e a história bem intensa mesmo. Gostei de saber que a autora desenvolveu com maestria os personagens e sua narrativa. No momento a dica não é pra mim, mas vou anotar para o futuro. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi Giovana, tudo bem?
    Eu fiquei bem curiosa com a premissa dessa obra e faz um tempinho que estou desejando-a, além de Eu Vejo Kate também. Nunca li nada que falasse sobre a máfia e como a autora pesquisou bastante para escrever essa história, acredito que será interessante conferir um pouco desse mundo do crime, e devo dizer que achei bem legal ter um glossário disponível no livro. Enfim, não deve ser uma leitura fácil por conta da violência e o pior lado do ser humano, mas com certeza irei ler um dia.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  10. Oiii!!
    Não conhecia esse livro ainda. O nome é muito sugestivo, fiquei imaginando justamente o Charlie tendo que tomar um drink com alguém que tinha feito algo muito ruim para ele. Fico imaginando como ele deve ter se sentindo ao saber que seu nascimento tinha sido fruto de um estupro. Fiquei com muita vontade de ler, vou acrescentar na minha lista com certeza.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Vi nas redes sociais essa semana você falando muito bem dessa obra e confesso que só por isso já tinha me chamado muito a atenção, agora então depois de ler a sua resenha fiquei com a sensação de que preciso ler o mais rápido possível. Achei a premissa muito interessante, ainda mais por causa de onde veio o personagem. Adorei essa sua dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Gente, fiquei MUITO curiosa pra saber mais sobre esse livro! Parece ser um misto de tudo que aprecio em uma boa leitura! E a capa é linda! Amei! <3
    Espero ter a chance de lê-lo em breve!

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Já tinha visto uma divulgação desse livro antes, mas não sabia que a premissa era tão impactante. Gostei muito de toda essa atmosfera mais sombria na obra e imagino que seja uma leitura muito prazerosa. Vou investir em um exemplar.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  14. Olá, não sei se gosto ou não do livro, fiquei um pouco confuso com o enredo. Mas gostei de todo o ar sombrio dado ao livro e como os personagens se desenvolveram bem durante a história. A diagramação da editora realmente está linda. Mas estou aqui decidindo se leio ou não a obra.

    ResponderExcluir
  15. Está aí uma autora que quero muito conhecer a escrita. Cada opinião que ouço sobre os seus livros, me deixa mais curiosa. Esse livro tem tido uma boa aceitação, e pelo fato da narrativa da autora ser uma obra prima e cheia de intensidade, contribui também. Espero gostar.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  16. Oie
    que legal o título, achei bem sugestivo e atraente, parece ser uma leitura bem intensa e sombria, gosto assim. Bela resenha, bela dica

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi, Giovana!
    Esse livro promete ser bem intenso, ainda não o conhecia, nem tinha lido nenhuma resenha, mas o personagem principalmente parece ser bem envolvente e muito ousado para ir atras do pai chefe de máfia! Hahaha
    Fiquei curiosa para conhecer essa mulher, que se envolverá com o protagonista! :O
    Parabéns pela resenha!

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oie, bacana esse livro, eu gosto de histórias com esse tom frenético. gostei de saber dessa preocupação da autora em mesmo usando gírias esclarecê-las em um glossário, isso é muito importante. Espero conferir alguma das obras dessa autora tão comentada

    ResponderExcluir
  19. Gostei do título, huahuahu!

    Quanto a sinopse, eu não o escolheria por ela... Não gosto muito de historias com máfia, policial, essas coisas. Mas acredito quando você diz que a obra é incrivel e ficou prsa na leitura, é isso que uma historia cativante como essa faz!

    fico feliz que a leitura tenha lhe agradado, fez uma ótima resenha!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    Eu já li uma resenha desse livro ano passado e, infelizmente, ainda não tive a oportunidade de realizar a leitura. Acho a trama muito atraente e percebi, pelos seus comentários, muitos elementos que me chamam a atenção em um livro, como: vingança e essa coisa e tal. A dica já está anotada e espero que dessa vez eu consigo ler o livro antes que me depare com outra resenha dele. haha

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  21. Olá,

    Fiquei bem interessada nesse livro. Já tinha ouvido falar sobre ele antes e depois da sua resenha com certeza vai entrar na minha lista de livros por ler. Amo quando os personagens são bem desenvolvidos e crescem durante a narrativa.

    Beijos e obrigada pela resenha...

    http://floraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir