Resenha: Ruby in the Dust

Nicky tem um segredo. Ela fugiu de Hamburgo aos quinze anos, e encontrou refúgio na pacata Maidenhead, onde seu café, Ruby in the Dust, tornou-se um sucesso. Mas agora, conforme Maidenhead se moderniza e o Corporista Café engole a cidade, Nicky está perdendo sua renda e tem uma ameaça de despejo. Com todas estas preocupações martelando em seu coração, ela certamente não está à procura de amor.
Quando Alex entra em sua vida com promessas para ajudá-la a transformar seu negócio em algo lucrativo, Nicky se mantém cética. Mas há mais em Alex do que o idiota que ele parece ser. Quando o senhorio desagradável de Nicky desafia Alex a salvar o Café em três meses, Alex não consegue resistir, e eles fazem uma aposta que pode acabar custando caro a Alex.
Pode Nicky colocar o orgulho de lado e trabalhar com Alex para salvar Ruby in the Dust, antes que ele se torne mais um café empresarial? E ela pode superar o seu grave segredo, e se permitir apaixonar por Alex, mesmo que isso signifique enfrentar seus medos mais profundos?

Os livros da Charme servem para acalentar meu coração, pois como a editora é focada em livro de romance, sempre encontro romances fofos ou de tirar o folego. E o Ruby in the Dust, na minha humilde de opinião se enquadra na primeira opção. Eu confesso que quando o comecei a ler esperava encontrar um Bad Boy beeeeem marrento querendo conquistar a mocinha, e que ela seria toda indefesa, mas já no inicio dos livro somos apresentados aos personagens, e posso dizer que eles não tem nade de convencionais.

A historia começa com os amigos Zach e Alex conhecendo o Ruby in the Dust, um café que é dirigido pela minha querida Nicky, uma mulher de personalidade um pouco forte, mas que tem um bom coração. O primeiro contato entre ambos não foi muito bom, Alex fez um comentário que desagradou ela e Nicky respondeu a altura. Infortunadamente, ela está com quatro meses de aluguel atrasados e David que é o dono do prédio e um antigo conhecido de Alex, faz uma aposta com o mesmo sobre o futuro do Ruby in the Dust, o que deixa a proprietária nem um pouco feliz, mas Alex é persistente e vai tentar de tudo para conquistar a confiança de Nicky.

''Você precisa encontrar algo que faça com que você sinta que vale a pena levantar da cama. E, então, levantar todos os dias, por isso.''

A única coisa que eu tenho a falar sobre os personagens é que eles são fantásticos, eu achei que autora construiu a personalidade de cada um com maestria, e os laços de amizade e companheirismo presentes no livro só deixou tudo mais incrível.

O Alex no inicio era uma incógnita para mim, eu não sabia ao certo o que ele estava querendo da vida e do futuro, mas no decorrer do livro eu me surpreendi bastante. Eu vi o quanto ele estava perdido, sem saber o que fazer e desgostoso com tudo o que já viveu, sem falar da enorme pressão dos pais para ele trabalhar com uma coisa que ele não gosta e não tem a minima afinidade. Acredito algumas pessoas acharam ou vão achar o Alex um pouco infantil, mas eu entendo ele, ele estava perdido e sem rumo, se afundando no álcool para esquecer os problemas, mas no decorrer do livro vamos vendo ele amadurecendo e para mim foi uma das coisas mais legais na historia. Sem falar que ele é super carinhoso e está sempre disposto a ajudar as pessoas que ele gosta.

A primeira impressão que a Nicky passa com aqueles vestidos, maquiagem e saltos é de que ela é uma mulher confiante independente com uma armadura impenetrável, mas podemos ver no decorrer vemos que ela já sofreu muito, e tudo isso colaborou para ela ser o que é hoje. Ela é uma das personagens mais fortes que eu já conheci, e se você não perceber isso até o meio do livro, até o final você vai entender, pode ter certeza.

Os personagens secundários são maravilhosos, além de termos as aparições esporádicas de alguns clientes da cafeteria, sempre temos a presença de Zach e Leia, o melhor amigo de Alex e a pessoa de confiança de Nicky, e que inclusive também trabalha na cafeteria. Eu confesso que ficaria muito agradecida caso a autora resolvesse fazer um livro sobre esses dois, tenho quase certeza de que sofreria ataques de fofura rsrs.

"Cada pessoa passa por um momento de sentir algum tipo de insatisfação profunda, e você não é diferente. Para tentar acabar com esse sentimento de insatisfação, todos nos buscamos uma válvula de escape, como comer em excesso, assistir lixo na tv, ou beber muito. Mas isso é como tomar uma aspirina atrás da outra para aliviar a dor, de uma dor constante, em ver de lidar com a raiz do problema."

Apesar do livro parecer apenas um romance leve, ele traz assuntos que nos fazem pensar muito a respeito da vida, sobre como a estamos vivendo, se estamos feliz com isso e com relação a aceitação, ser quem somos e fazermos o melhor com isso.Também tem outro assunto que é sério, mas eu não posso contar se não seria spoiler e Deus me livre disso!

A leitura foi uma delicia, eu li o livro na primeira semana do Torneio MLV organizado por alguns booktubers (#EquipeImpério) e ele me fez sair da minha ressaca literária, o que foi uma grata surpresa pois estou com uma pilha de coisas para ler aqui. Eu comecei a leitura já era onze horas da noite e adentrei a madrugada com o livro, e apesar de hoje estar parecendo um zumbi essa foi uma das melhores escolhas que fiz, pois esse livro é incrível. ♡

A diagramação da editora está impecável, as paginas são amareladas e a letras estão de um tamanho bom para a leitura. Eu encontrei alguns errinhos de revisão, mas não é nada que atrapalhe o andamento do livro. A capa é a única coisa que não me agradou muito, eu achei que faltou mostrar mais da essência da historia e dos personagens, eles poderiam ter colocado algo envolvendo uma xícara de chá ou de café, já que a historia gira em torno da cafeteria. Mas não julguem um livro pela capa, ele contem uma historia incrível que ira aquecer a muitos corações e também pode lhe dar uma outra perspectiva do mundo.



      Editora: Charme || Autora: Julie Farrell || Páginas: 352 || Skoob || Onde Comprar







15 comentários:

  1. Oie! Gih! Tudo bem? Nossa quero esse livro, como eu já havia comentando com você, não curto as capas dessa editora, mas aparentemente a história é muito boa! Parabéns pela resenha! =D
    Bjss

    ResponderExcluir
  2. Gente eu adoro os livros da charme apesar de ter lido poucos até hoje tenho muita vontade de ler esse livro, sempre vejo ótimas críticas sobre. Adorei a sua. Parabéns pela resenha.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi Gi!
    Apesar da sua resenha positiva, pessoalmente não gosto muito das publicações da Charme não. Elas geralmente são fora do que eu costumo ler. Embora o romance tenha me parecido envolvente pela sua resenha. não despertou meu interesse e dessa vez vou passar a dica.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Lendo sua resenha, percebi que já conhecia a premissa desse livro só não estava conseguindo lembrar. A capa não me atraiu muito, mas sua opinião sobre a obra me deixou bem curiosa. Porque adoro romances e quando eles são mais levinhos, melhor ainda, mesmo que neste caso ele vá abordar assuntos sérios. Dica anotada!

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Apesar da sua resenha ser incrível e maravilhosa ver o quanto gostastes da obra, dessa vez o romance não me atraiu como eu gostaria.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Gosto bastante de romances e me intriga saber que os personagens desse não são nada convencionais, ficando curiosa para conhecer as características de cada um que você diz ser construídos com maestria pela autora.
    E mesmo sendo um romance leve, tem a abordagem de alguns assuntos bem interessantes como aceitação.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Gih, realmente pela capa do livro eu não dava muita coisa. Mas lendo sobre sua opinião e ataques de fofura, me senti incentivada a ler. Ainda mais porque amo livros de romance fofos mas que falam sobre assuntos sério.
    Adorei a resenha, bjs!

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Oie, livro pra dar ataque de fofura é comigo mesmo! Falou direto ao meu coração! Uso eles para equilibrar leituras mais tensas ou pesadas. Bom saber que este é uma opção que pode me agradar. Obrigada!

    ResponderExcluir
  11. Oie! Parece um romance bem gostosinho mesmo, mas, ela só tem 15 anos? Ou o tempo passa? Fiquei na dúvida. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianca, tudo bem?
      A historia se passa bem depois que ela fugiu, então ela já é adulta :)

      Excluir
  12. Olá, tudo bem? Adoro a editora Charme e seus livros de romances "leves". Pela capa e pela sinopse eu esperava isso, mas a sua resenha me mostrou que podemos ter um drama <3 E isso me animou mais ainda. Dica anotada!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. OI!!

    Ainda não tive a oportunidade de ler nada da charme, enfim, gosto de romances e esse pareceu ser bem agradável, presenteando o leitor com personagens que apresentam personalidades diferentes e tratando de assuntos sérios.Obrigada pela dica. Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oi, como vai? Ahhh, fiquei com vontade de ler depois dessa resenha maravilhosa! Vou dar uma pesquisada na sobre ele, quem sabe não entre para a listinha o/

    ResponderExcluir