• Início
  • Resenhas
  • Críticas
  • Autores Parceiros
  • Vídeos
  • Contato
  • Resenha: A Sociedade




    A Sociedade" conta a história duma atípica república estudantil, a "Sociedade dos Poetas Vivos". Nela residem escritores, sonhadores, amantes e, acima de tudo, humanos. São aqui retratadas personalidades com todas as suas mais íntimas imperfeições, são aqui retratados seres humanos. E qual sentimento é mais humano que o amor? Certamente não lhe ocorrerá qualquer um. Eis que o convido para deliciar-se com as mais genuínas manifestações desse tão deslumbrante quanto controverso sentimento.


    Esse livro me surpreendeu muito, eu primeiramente deve dizer que adorei o filme Sociedade dos poetas mortos. Então fiquei curiosa quanto a esse livro. Eu achava que seria um livro mais leve, acreditei que seria uma leitura despretensiosa. Doce engano, o livro possui uma carga dramática um pouco forte, o que torna a leitura ainda mais interessante. 

    O livro narra a historia de vários jovens que estão prestes a ingressas ou já ingressaram na faculdade, e todos eles tem uma paixão em comum, a escrita. Cada um tem a sua própria historia e suas próprias dificuldades, o livro é dividido em varias partes e cada uma delas narra a historia de um personagem diferente mas que está ligado a todos os outros.

    Começando a historia conhecendo Guilherme, a gente pode dizer que ele é um sadomasoquista, mas não no sentido que vocês estão pensando rsrs. Ele vai atrás de tudo aquilo que ele não pode ter, como o Pedro disse uma vez " Porque você ama sofrer ". Ele mora na república junto com vários outros estudantes, eu me interessei pela historia dele assim como a historia dos outros moradores, pena que nenhuma é aprofundada.

    Depois temos Emílio Lepido, ele é apaixonado pelo Rousseau, ele conheceu Augusto enquanto estava na biblioteca, e logo eles se tornaram melhores amigos. O tempo se passou e Augusto foi estudar em outra cidade, depois tempos mais tarde Lepido acabou indo para a mesma faculdade. Lá ele conhece Pedro, que está querendo forma a republica, mas somente algumas paginas mais tarde Lepido concorda em fazer parte da republica. A partir de então a historia se desenrola e toma vários caminhos, é uma historia surpreendente devo dizer. A historia dele é a que mais gostei.

    Pedro é o fundador da republica, ele é responsável e sempre que pode está cuidando da sua mãe que está doente. Ele formou a republica pois ama escrever, e queria reunir mais pessoas com essa mesma paixão. E no final ele acabou conseguindo, mas conseguiu mais do que uma republica. Pedro é um personagem cativante, e fiquei um tanto quanto decepcionada com o final dele. Eu queria mais, muito mais. O autor bem que poderia fazer uma continuação...

    Além desses temos outros personagens, mas a historia acontece praticamente por causa desses personagens citados a cima. A escrita do livro é formal, e admito que isso atrapalhou a minha leitura e tornou ela um tanto cansativa, pois eu não estou acostumada a livros assim. Porém o autor compensou com uma historia incrível. A historia trata de vários assuntos interessantes, traumas, um jovem sendo responsável cedo demais, a faculdade, escolha do curso, amizades, amores e brigas. A historia é ótima, porém o livro é muito fino, eu acredito que o autor poderia ter desenvolvido mais os personagens e a historia, poderia ter ido além. Eu não me importaria de acompanhar mais um pouco a historia dos nossos bravos poetas. Mas sem duvida é um livro que merece ser lido.


    Editora: Chiado Editora
    Autor: Wilton Bastos
    Nº de Paginas: 112
    Nota: 3/5  

    Livro no Skoob

    5 comentários:

    1. Oi, Giovana! Não conhecia esse livro e achei ele muito interessante! Deve ser muito legal! Adorei a resenha! :)

      Abraço

      http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    2. Não conhecia o livro, ótima resenha.
      Bjs
      http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    3. Ainda não conhecia o livro, mais amei a resenha e achei super interessante! Haha ^^
      Bjoos :3
      http://creativitymakeup.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    4. Oi.

      Não conhecia, mas a história me parece bem interessante


      Beijos
      www.amorliterario.com

      ResponderExcluir
    5. Nunca tinha ouvido falar nesse livro, mas pareceu legal! Às vezes é legal ler algo com um peso a mais na parte dramática.
      E Sociedade dos Poetas Mortos é muito bom mesmo

      ResponderExcluir