Resenha: Mate-me quando quiser

Olá pessoal, tudo bem?
Hoje eu venho trazer a resenha de um livro que me surpreendeu muito! Eu nunca tinha lido algo parecido, e espero poder transmitir tudo o que senti através da resenha.




Decidindo que sua vida deveria chegar ao fim, mas sem coragem de cometer suicídio, uma mulher contrata Soares, um matador de aluguel. Resolve que sua morte acontecerá na bela cidade de Barcelona, e para isso envia ao seu futuro algoz a passagem de avião e o endereço de onde ficará na Espanha. Ele deverá matá-la no prazo de quatro meses, quando for mais conveniente. Junto com o pagamento, manda também uma foto sua, para que ele saiba quem ela é. Mas ela não quer saber como é a aparência de seu matador. O destino, porém, nem sempre cumpre à risca os planos que costumamos traçar para ele




Eu confesso que tinha grandes expectativas em relação ao livro, eu nunca tinha visto uma historia com uma premissa parecida, então obviamente fiquei curiosa, e devo dizer que em momento algum me decepcionei. 

Em Mate-me quando quiser, conhecemos a trajetória da "Mulher" em seu tempo em  Barcelona, ela já está cansada da sua vida e resolve dar um fim na mesma, porém ela não ter coragem de fazer isso sozinha, e contrata um matador de aluguel, e é ai que entra Soares. Em um determinado dia a mulher sem mais nem menos resolver seguir o "Homem" que é um cara que ela viu no restaurante, e ela acaba descobrindo que ele tem duas esposas, a "Morena" e a "Loira", e ambas tem filhos com ele. Intrigada com essa historia e sem nada para fazer ela resolve se aproximar de uma das esposas para ver se descobre algo a mais. Eu achei que a historia ia seguir nesse rumo, porém ela tomou um foco completamente diferente, em um determinado ponto todos os personagens do livro se entrelaçaram e a historia tomou um ritmo alucinante e não consegui parar de ler até o final.

Os personagens da Anita são repletos de humanidade, eles erram, se arrependem e se vingam. Podemos ver a evolução de relacionamentos ao longo do livro, e eles se desenrolam de uma maneira um tanto quanto interessante. Cada um tem sua própria personalidade, e ao meu ver isso enriqueceu o livro muito.

Podemos ver que a Mulher está amargurada com a vida, ela já está beirando os 40 anos e não vê mais sentido em continuar vivendo, o que mais me intriga é que em momento algum ela cita algum acontecimento especifico que tivesse motivado essa decisão drástica.

O Homem é um personagem um tanto quanto peculiar. Além de ter duas esposas ele tem sonhos com a mãe morta, ele está enlouquecendo quando aceita fazer um tratamento, e é assim que podemos conhecer um pouco mais sobre ele e sua vida.

A Loira é um das esposas do Homem, ela é a mais desfavorecida nesse triangulo amoroso, o Homem não liga mais para ela e ela quase vive usando trapos, quando pede uma roupa nova ao marido para ela ou para a filha ele fala que não tem dinheiro. 

A Morena é a favorita do marido, ela é mais nova e é a que recebe mais presentes. Ela é mais falante e alegre que a Loira e assim acaba virando amiga da Mulher.

Soares no começo da historia fica perdido, ele não sabe o que leva uma pessoa a encomendar a sua própria morte, por isso resolve investigar um pouco e assim acaba se envolvendo ainda mais nessa historia.

A Anita conseguiu montar o livro com maestria, confesso que ao incio ainda não estava acostumada com a sua forma de narrar e fiquei meio perdida, mas logo consegui me acostumar e a leitura fluiu super bem.

O livro é escrito em terceira pessoa então em todos os momentos podemos entender o que os personagens estão pensando. As folhas do livro são amarelas e as letras estão de um tamanho bom para a leitura, e eu adorei a capa, afinal é em Barcelona onde tudo acontece.

Eu recomendo esse livro para todos que adoram historias de romance e suspense, e que principalmente gostam de livros com varias reviravoltas. 


"Caro Soares, fico satisfeita de que já tenha recebido todo o dinheiro. Em anexo, estão a sua passagem para Barcelona e a minha fotografia. Abaixo, o endereço do hotel onde ficarei hospedada. Mate-me quando quiser, ou melhor, no dia que lhe convier dentro dos próximos quatro meses. A única coisa que peço é discrição. Você sabe quem eu sou, mas não quero saber quem você é."



Editora: Gutenberg 
Autora: Anita Deak
Páginas: 245
Nota: 5/5

Livro no Skoob



Espero que tenham gostado.
Um grande abraço e até a próxima. 

11 comentários:

  1. É muito bom quando gostamos/nos acostumamos com o estilo de escrita de um autor. É melhor ainda quando a história nos envolve de tal maneira que acreditamos realmente que os personagens tem vida, não é mesmo? Que bom que este livro alcançou esse objetivo!
    Dica super anotada!

    ResponderExcluir
  2. Olá, moça.

    Eu já li esse livro e confesso que gostei tanto quanto você. Também tive um estranhamento no inicio para me adaptar a escrita da autora, pois nunca tinha lido um romance noir, mas adorei depois que me situei no enredo, tanto é que devorei o livro. A história é realmente muito bem montada e os personagens bem humanos. Espero ler mais da autora.

    att,
    decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Giovana!
    Estou bem curiosa para ler esse livro, vejo muitas críticas positivas. Gostei muito de sua resenha.

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oiee ^^
    Já tinha lido uma resenha desse livro, mas tinha me esquecido completamente dele *-* A capa é mesmo muito bonita, e eu adoro romances com reviravoltas, e mais ainda os que têm uma pitada de suspense e nos impressionam. Anotei o nome na listinha para não esquecer novamente :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. O título desse livro é muito engraçado, sério. A capa é linda, o enredo me enganou totalmente. Que bom os personagens serem repletos de humanidade, gosto quando os personagens têm essa construção.

    ResponderExcluir
  6. Amei o título desse livro, preciso compra-lo o mais rápido possível! Já estava na minha lista :)

    ResponderExcluir
  7. Olá, o titulo me chamou bastante atenção por ser algo bem diferente de tudo que já vi, porem ao ler a premissa do livro eu perdi o interesse ^^
    www.muchdreamer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Giovana!
    Achei a premissa bem legal e estranhei um pouco o fato de alguns personagens não terem nomes, sendo designados pelas suas características, mas no geral até isso é interessante. Não sei se leria porque não gosto do gênero, mas ótima dica!
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando || Livre-se você também!

    ResponderExcluir
  9. Falou que o livro é cheio de reviravoltas eu já me interesso haahahahaha
    Com certeza essa premissa é incrível, muito envolvente, e acho que é já um pouco do que podemos esperar da história. Fiquei bem curiosa para saber como a autora desenrolou tudo e principalmente pelos "nomes", achei diferente e criativo nomear com Mulher, Homem, Loira e Morena.
    Parece ser o tipo de leitura que vou amar e a dica já está anotada!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?

    Não gostei muito da capa, já da premissa e do que você apresentou, eu adorei! Como assim ela contrata o cara para matá-la - o que é muito inusitado e quer que ele seja discreto pois não deseja saber quem ele é? Loucura, loucura, loucura! O_O
    Fiquei hiper curiosa para saber qual é o encerramento desse enredo, se ele mata-a quando quiser ou não - rs. Adorei a dica e anotei o título e nome da autora na minha listinha de interesses.
    Olá, tudo bem?

    Destes eu leria apenas o primeiro. A Novo conceito sempre trás livros ótimos e para todos os gostos!

    Beijos!
    Livros & Tal [livrosetalgroup.blogspot.com.br]

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Eu já tinha visto uma resenha sobre esse livro e achei bem interessante.
    Depois da sua resenha fiquei com mais vontade de ler o livro?
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir